Todos os posts com a tag: #Vila Joaniza

Cate disponibiliza mais de 600 vagas de emprego

As vagas contam com salários que variam entre R$ 466, para trabalho intermitente, a R$ 2.500 Os setores de serviço, comércio e da construção civil abrem a semana disponibilizando 650 vagas de emprego no Cate (Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo da Prefeitura de São Paulo). Cerca de 50% das oportunidades estão abertas aos profissionais que atuam com telemarketing. O quadro de vagas conta com salários que variam entre R$ 466, para trabalho intermitente, a R$ 2.500. Para participar do processo seletivo é necessário se inscrever pelo site www.bit.ly/vagasnocate até amanhã, dia 20 de janeiro. Das vagas disponíveis, 330 oportunidades são para operadores de telemarketing e 120 são para trabalho em casa. O salário médio é de R$ 1.100, sendo exigido dos participantes do processo seletivo o ensino médio completo. A maioria das vagas não exige experiência, mas é necessário ter habilidade e desenvoltura com o público. A área de logística conta nessa semana no Cate com 67 vagas – rendimentos de até R$ 1.700. A maioria das vagas é destinada aos cargos de auxiliar de …

Inscrições gratuitas para técnicos de enfermagem, tecnologia e gastronomia na Vila Missionária

Poderão se inscrever gratuitamente meninas com o Ensino Médio completo para cursos profissionalizantes   A AFESU (Associação Feminina de Estudos Sociais e Universitário) está com inscrições abertas para os cursos de auxiliar técnico em enfermagem; curso profissionalizante em tecnologia e gastronomia. Os cursos são voltados para meninas que tenham concluído o Ensino Médio ou estarem concluindo o terceiro ano. Além dos cursos profissionalizantes, a entidade possui cursos de apoio escolar em matemática, português e línguas estrangeiras, para meninas do 3º do Ensino Fundamental I ao 9º ano do Ensino Fundamental II. Unidade da AFESU,  localizada na Vila Missionária, e é uma das primeiras ONGs do Brasil criadas com a missão de qualificar e inserir mulheres no mercado de trabalho. A entidade é sem fins lucrativos e atua há 15 anos na Vila Missionária, na Rua Papa Gregório Magno, 597, onde antes ficava a “antiga morada dos padres”. Para mais informações e inscrições – clique aqui.

Os eternos problemas da rua Rua Giuseppe Boschi no Jardim Miriam – 1997

O nome da rua é italiano, Giuseppe Boschi, mas seus problemas são de “longa data”, o trecho é uma extensão da Avenida Yervant Kissarjikian para quem vai para o Jardim Miriam. Nesta imagem um descaso total, em 1997. De lá para cá, a via apenas é recapeada, mas os problemas com os buracos são constantes para os motoristas que passam pelo local.Hoje devido ao trânsito o no local o problema se agrava ainda mais, um trecho onde as autoridades devem estar sempre atentas.

4ª Cia de Polícia muda da Av. Yervant para dentro de empresa estatal

Empresa barrou a reportagem na última quinta-feira, dia 10, quando agendou uma visita para tirar uma foto da 4ª Companhia. EMAE alegou que o espaço onde a PM se localiza é da empresa e a solicitação da imagem é de responsabilidade da EMAE não da PM. A 4ª Companhia de Polícia Militar que ficava na Avenida Yervant Kissarjikian, na Vila Joaniza mudou há cerca de quatro meses para dentro da Empresa Metropolitana de Águas e Energia (EMAE), na Av. Nossa Senhora do Sabará, 5312. A mudança trouxe preocupação para alguns comerciantes da Vila Joaniza, alegando que a presença da companhia inibia casos de assaltos na região e distância a Polícia Militar da população, pois não é visualizada pelos moradores. Esta distância ficou caracterizada quando a reportagem foi barrada na portaria da empresa quando iria visitar a 4ª Companhia e foi informada que precisaria de uma autorização dos superiores da EMAE, onde a reportagem iria tirar uma foto para esta reportagem. De acordo com o presidente do Conseg da Vila Joaniza, João Calixto, a comunidade lutou …