Todos os posts em: Opinião

Por novos Centros Esportivos nas periferias

Sesc até há pouco tempo permitia que pessoas que não trabalhavam no comércio ficassem sócias. Hoje é proibido e com poucos clubes municipais disponíveis, jovens, adolescentes e adultos não têm onde ir para praticar algum esporte. Lá no final dos anos 80, todas as crianças, jovens e adultos faziam enormes filas para frequentar os Centros Esportivos, que hoje não são tão frequentado como antes. Estes espaços não são tão atrativos para a população e os frequentadores destes locais diminuíram nos últimos anos, por falta de investimento das últimas prefeituras. Faço tal afirmação por ter sido sócio durante anos destes centros esportivos, como o Centro Esportivo Ibirapuera, o CEI como era conhecido pelos seus frequentadores. O mesmo acontecia nos demais clubes, como o Joerg Bruder em Santo Amaro. E a causa deste descuido não tem partidos políticos é descaso de todas as prefeituras anteriores. Lembro quando a prefeita Luiza Erundina (1989-1993) assumiu a prefeitura e acabou com o campo de futebol principal deste clube para construir um Sacolão Popular em Santo Amaro. Foi um fiasco danado, …

Não pode haver silêncio!

“Não podemos nos calar e permitir que esses brados asquerosos de glorificação da ignorância, da irracionalidade e violência se espalhem e corrompam a frágil e inocente consciência política da maioria da nossa população.” Estamos atravessando um momento delicado na breve História de nossa Democracia! Ela está em “xeque”! A busca feroz pelo poder, que advém das camadas mais conservadoras da sociedade se manifesta através de discursos que exigem a volta da Ditadura e uma nova censura afirmando que seriam estes elementos fundamentais para a “salvação da nossa sociedade”. Para esse grupo conservador e autoritário calar aqueles que são contrários a sua detestável maneira de pensar, ou não pensar a realidade,  seria esta a única forma de garantir a estabilidade do nosso governo e o progresso do Brasil. Mas, calar é a solução para alguma coisa? Calar o outro através da censura, da opressão política e da diminuição das liberdades individuais, utilizando as leis como instrumento opressor, só mostra que mais uma vez estamos nas mãos de governantes ignorantes, que só estão no poder justamente pela …

O preconceito político e o inimigo mercado

Em tempos de discursos de ódio político devido à polarização entre a direita e a esquerda, testemunhamos discursos que caracterizam um preconceito latente em nossa sociedade. Dependendo de sua posição política, seja ela qual for, você com certeza será julgado e pré-condenado por alguém que pensa diferente. Este julgamento acontece da forma mais baixa possível, por meio de adjetivos de baixo calão e com termos pejorativos como: coxinha, petralha, esquerdopata, fascista, etc. Estes nomes são atribuídos a qualquer um, às vezes a familiares, pais, amigos e principalmente para os desconhecidos, onde a violência covarde por meio destes termos se torna latente. Todos nós temos o direito de pensar e de nos manifestar democraticamente, militando no PT, PSol, PSDB, PSl, MDB ou qualquer outro partido e ser respeitado. As pessoas devem conversar, debater expor suas ideias em blogs, nas redes sociais, mas o principal não é a opinião pessoal, mas sim, o respeito ao próximo. Diante de tantos discursos preconceituosos referentes à opinião do próximo, percebemos que se esquece de nosso principal inimigo: o mercado. Estamos …