Todos os posts em: Cidade Ademar

4ª Cia de Polícia muda da Av. Yervant para dentro de empresa estatal

Empresa barrou a reportagem na última quinta-feira, dia 10, quando agendou uma visita para tirar uma foto da 4ª Companhia. EMAE alegou que o espaço onde a PM se localiza é da empresa e a solicitação da imagem é de responsabilidade da EMAE não da PM. A 4ª Companhia de Polícia Militar que ficava na Avenida Yervant Kissarjikian, na Vila Joaniza mudou há cerca de quatro meses para dentro da Empresa Metropolitana de Águas e Energia (EMAE), na Av. Nossa Senhora do Sabará, 5312. A mudança trouxe preocupação para alguns comerciantes da Vila Joaniza, alegando que a presença da companhia inibia casos de assaltos na região e distância a Polícia Militar da população, pois não é visualizada pelos moradores. Esta distância ficou caracterizada quando a reportagem foi barrada na portaria da empresa quando iria visitar a 4ª Companhia e foi informada que precisaria de uma autorização dos superiores da EMAE, onde a reportagem iria tirar uma foto para esta reportagem. De acordo com o presidente do Conseg da Vila Joaniza, João Calixto, a comunidade lutou …

Fundos da EE Leonor Quadros é preocupação para comunidade do Jd Miriam

Os fundos da Escola Estadual Leonor Quadros é preocupação para a comunidade do Jardim Miriam. Com o mato que cresce rapidamente em um extenso terreno e com as constantes invasões de usuários de drogas o espaço é risco para a comunidade que passa pelo local e temem o entra e sai de pessoas que pulam o muro da escola a cada instante. A reportagem esteve na calçada da escola no dia 23 de novembro onde testemunhou os problemas e depois voltou ao espaço nesta segunda-feira, dia 7 de dezembro, onde testemunhou novas invasões. Ao contrário das demais escolas, onde a frente fica na avenida principal, no Leonor é ao contrário, a frente fica na rua lateral Baltazar Gomes de Alarcão e os fundos da unidade ficam em frente a um dos corredores do trólebus mais importantes de São Paulo, na Avenida Cupecê, sendo exposta diariamente por milhares de pessoas que passam de carro, de trólebus ou mesmo a pé. Todos puderam testemunhar o mato que cresce aos fundos e veem as pessoas que invadem o …

Av. Cupecê ganha cerca de 500 mudas de árvores

O Corredor da Avenida Cupecê recebeu o plantio de aproximadamente 500 mudas de árvores no período de abril de 2019 até setembro deste ano. De acordo com informações da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, que informou ao jornal O Bairro Cidade Ademar, o serviço foi executado no âmbito de contrato no valor de R$ 65 mil. Em breve, várias destas árvores estarão colorindo todo o trecho, como os Ipê Amarelos, entre outras espécies. Em toda a sua extensão, foram plantadas as seguintes espécies de árvores na avenida Cupecê: Jerivá – Syagrus romanzoffianaIpê-amarelo – Handroanthus chrysotrichusIpê-roxo-7-folhas – Handroanthus heptaphyllusIpê-roxo-de-bola – Handroanthus impetiginosusIpê-branco – Tabebuia roseo-albaDedaleiro – Lafoensia pacariPau-brasil – Paubrasilia echinata

Parque Nabuco abre “parcialmente” ao público

Local terá investimentos de R$ 325.640,04 em reformas. O Parque Nabuco reabriu ao público desde o último dia 31 de outubro, mas funciona parcialmente por conta das reformas que acontecem no local. Os usuários deverão entrar pelo portão da Avenida Cupecê, na parte inferior do parque, já que a parte superior com as entradas laterais estão em obras. De acordo com a Secretaria do Meio Ambiente, o investimento no local é de R$ 325.640,04. Segundo nota da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente ao jornal O Bairro Cidade Ademar, a entidade informa que oficializou nesta terça-feira no último dia 27 de outubro, em Decreto n° 59.870 publicado no Diário Oficial da Cidade de São Paulo, a volta ao funcionamento de todos os 108 parques municipais em seus horários normais e a partir do sábado, dia 31 de outubro, inclusive aos finais de semana e feriados. Parque Nabuco – A Secretaria informou ao jornal O Bairro que estão previstas algumas obras. No parquinho haverá colocação de piso emborrachado e ocorrerá também a readequação dos caminhos …

O dia em que 18 mil pessoas foram à Feira Livre da Cidade Ademar

A região da Cidade Ademar não tem um espaço cultural ou de lazer para os seus moradores capaz de promover shows e eventos para uma multidão. Até o inicio dos anos 2000, o Espaço da Feira Livre, era o local onde podiam acontecer estes eventos e por lá, passaram inúmeros artistas famosos, shows e eventos de todos os tipos com a participação de milhares de pessoas.Um destes eventos, foi registrado pela reportagem do jornal o Bairro em 1997, na comemoração do 1º de Maio, quando o espaço recebeu cerca de 18 mil pessoas, em um dos maiores eventos já realizados no local. Na época os agentes de cultura já lutavam por um Polo Cultural. Veja a reportagem da época.