Autor: Sergio Pires

Subprefeitura de Jabaquara receberá R$ 32,6 milhões de orçamento em 2021

KAMILA MARINHOHOME OFFICE (Notícia da Câmara Municipal) Após apreciação e aprovação da Proposta de Lei Orçamentária Anual 2021 (PL (Projeto de Lei) 643/2020), que estima as receitas e fixa as despesas da capital, a Subprefeitura de Jabaquara terá um orçamento da ordem de R$ 32,6 milhões, um aumento de 20,42% em relação aos R$ 27 milhões propostos inicialmente pelo Executivo. O aumento do valor na peça orçamentária se deve às emendas parlamentares incluídas no projeto em dezembro do ano passado, da ordem de R$ 1,6 milhão. O montante será empregado na requalificação e promoção da ocupação dos espaços públicos, que envolve a realização de reformas e instalação de equipamentos na região, manutenção e operação do serviço de guias e sarjetas, serviços de saneamento básico com a manutenção do sistema de drenagem entre outras ações.

Video Locadora Magos

O objetivo da foto era focar o enorme buraco na Avenida Brás de Abreu na esquina da Praça Tito Pacheco, próximo a Escola Antônio Sampaio Dória, mas ao fundo encontra-se um ícone dos anos 90. Uma vídeo locadora, a “Netflix” da época. Na imagem vemos a “Magos Vídeo”, alguém se lembra? Dos buracos, era coisa comum e ainda é até os dias de hoje. Imagem de Sérgio Pires / 1996

Subprefeitura de Cidade Ademar terá orçamento de R$ 40,5 milhões para 2021

Por Kamila Marinho (Câmara Municipal) e Sérgio Pires Em 2021, a Subprefeitura Cidade Ademar, que abrange os distritos de Cidade Ademar e Pedreira, na zona Sul, terá orçamento de R$ 40,5 milhões, segundo a Proposta de Lei Orçamentária Anual 2021 (PL (Projeto de Lei) 643/2020), que foi aprovada pela Câmara no final do ano passado. O jornal O Bairro Cidade Ademar, noticiou no mês passado que o valor seria de R$ 31,5 milhões, porém o projeto foi aprovado com emendas e chegou ao atual montante. A verba será destinada a áreas como manutenção de sistemas de drenagem, obras e serviços nas áreas de riscos geológicos e ampliação, reforma e requalificação de prédios administrativos.

Inscrições gratuitas para técnicos de enfermagem, tecnologia e gastronomia na Vila Missionária

Poderão se inscrever gratuitamente meninas com o Ensino Médio completo para cursos profissionalizantes   A AFESU (Associação Feminina de Estudos Sociais e Universitário) está com inscrições abertas para os cursos de auxiliar técnico em enfermagem; curso profissionalizante em tecnologia e gastronomia. Os cursos são voltados para meninas que tenham concluído o Ensino Médio ou estarem concluindo o terceiro ano. Além dos cursos profissionalizantes, a entidade possui cursos de apoio escolar em matemática, português e línguas estrangeiras, para meninas do 3º do Ensino Fundamental I ao 9º ano do Ensino Fundamental II. Unidade da AFESU,  localizada na Vila Missionária, e é uma das primeiras ONGs do Brasil criadas com a missão de qualificar e inserir mulheres no mercado de trabalho. A entidade é sem fins lucrativos e atua há 15 anos na Vila Missionária, na Rua Papa Gregório Magno, 597, onde antes ficava a “antiga morada dos padres”. Para mais informações e inscrições – clique aqui.

Ciclovia da Avenida Marari não há ciclistas e já teve acidentes

“Quem é doido de subir esta ciclovia pedalando? Só se ela quiser morrer do coração”, disse sorrindo. (relato de um segurança do local) Entregue no final de 2020, a nova Ciclovia da Avenida Marari, na região da Cidade Ademar praticamente não recebe ciclistas, desde a sua inauguração. Os motivos são vários, desde a sua concepção, pois se trata de uma ladeira e com vários obstáculos de guias, calçadas e árvores que estão pelo caminho e, por conta disto, moradores já testemunharam acidentes no local. A reportagem do jornal O Bairro Cidade Ademar esteve no local na última semana, na segunda-feira, dia, 4; depois na quinta-feira, dia 7 e por último no domingo, dia 10. Em todos estes dias nenhum ciclista foi visto no local. As visitas da reportagem ao local aconteceram das 18h às 19h e no domingo a visita aconteceu pela manhã, das 9h às 10h e neste período não foi visto ninguém de bicicleta no local. Segundo um comerciante, que preferiu não ser identificado, da Rua Antônio Saldanha Machado, uma travessa da Rua …