Notícias
Deixe um comentário

Multas em Diadema servem como “restrição” de pessoas nas ruas

Prefeitura de Diadema aplica multas de rotativo na fase vermelha, mesmo com muitos pontos de vendas fechados. Ao visitar o centro de Diadema e alguns bairros, a Prefeitura sugere usar aplicativo.

A Prefeitura de Diadema continua a multar os motoristas que estacionam no sistema Rotativo da cidade, diferente do ano passado, quando o serviço foi suspenso. A reclamação de motoristas que estão sendo multados é que parte dos pontos de venda do sistema, são de comércios “não essenciais” e deveriam estar fechados neste período e o que se vê, é que uns obedecem, e fecham suas portas e outros permanecem abertos, contrariando à Prefeitura apenas para a venda dos estacionamentos. A Prefeitura informa que a cobrança do estacionamento rotativo deve ser feita pelo aplicativo.

Foi o que aconteceu com Anselmo Rocha, morador da Cidade Ademar e teve que ir ao Centro de Diadema, para ir até sua agência na Caixa Econômica, na última segunda-feira, dia 15. “Na rua não havia um ponto de revenda do sistema Rotativo, pois o comércio estava fechado e nem havia fiscal de estacionamento no momento em que estacionei o carro. Ao voltar vi a multa no para-brisa. Não sabia que existia aplicativo”, lamentou.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Diadema, assim como a maioria dos demais municípios da região, a cobrança do estacionamento rotativo será mantida e, que pode ser comercializado normalmente pelo aplicativo.

Medida evita circulação de pessoas – A Prefeitura informa ainda que, devido ao atual período de medidas mais restritivas de circulação de pessoas e funcionamento de estabelecimentos de comércio e serviços, foram adotados alguns dispositivos de mobilidade urbana que regulem a demanda e desestimulem a circulação de pessoas, como  redução do horário do serviço de ônibus e controle de demanda de estacionamento.

O motorista Anselmo ao pagar a multa na rua Regente Feijó, ponto onde os motoristas multados devem pagar a quantia de R$ 20, para que os pontos não passem para a carteira de motorista, informou que uma das atendentes ao ser questionada sobre o período da fase vermelha, disse que a Prefeitura de Diadema não fez nenhuma recomendação de suspenção do serviço, diferente do ano passado. “Quem não é de Diadema, não vai conhecer o aplicativo de estacionamento e no caminho vi pontos de comércio que vendem o sistema, abertos só para vender o estacionamento, é lamentável”, concluiu.

No ano passado, a Prefeitura suspendeu a cobrança por conta da Pandemia, porém, a Justiça de Diadema atendeu à empresa que administra o sistema de Rotativo, a Autophone Estacionamentos Eireli Me, e determinou que fosse retomada a cobrança na cidade e assim permanece.

Para visitar Diadema de carro baixe o aplicativo Fácil Estacionar

Acesse o site aqui.

Este post foi publicado em: Notícias

por

Formado em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo, Letras, pela Faculdade Diadema. Pós-Graduado em Estudos Linguísticos e Literários pela Fundação Santo André. Andante das ruas da Cidade Ademar e de toda São Paulo e apaixonado pelas comidas de boteco e futebol, principalmente futebol de várzea.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s