Cidade Ademar
Deixe um comentário

Piscinões não evitam as enchentes locais

Depois de décadas de discussões sobre a utilidade do espaço conhecido como “Feira Livre da Cidade Ademar”, foi construído um piscinão no local com objetivo de evitar enchentes nas imediações. Em cima deste piscinão, rebatizaram o local com o nome de “Praça Comunitária Ligia Maria Salgado Nóbrega”. Porém, infelizmente, as enchentes continuam nos dias de chuva, como a que aconteceu ontem, dia 19 de janeiro, em vários pontos da Avenida Cupecê.

A menos de dois quilômetros dalí, no sentido centro, próximo ao Parque Nabuco, já tinham inaugurado o segundo piscinão na região, próximo à Casa Palma, que foi batizada como Praça Aristides de Souza Mendes (RCO-3), e o último o piscinão RCO-1 que foi entregue em novembro de 2018 e fica praticamente atrás do atacadão Roldão. na Avenida Cupecê, no sentido Jardim Miriam.

Além dos piscinões a Sabesp está realizando uma das maiores obras de canalização e saneamento básico dos córregos do Cordeiro e Zavuvus para a despoluição do Rio Pinheiros. Mesmo assim, as obras não impedem os alagamentos locais, pois basta uma chuva de cinco minutos para trazer o caos à Avenida Cupecê.

Sem apoio da população – Se não bastasse os problemas geográficos por conta dos alagamentos, a região ainda sofre com a falta de educação por parte da população com o volume alto de sujeiras nas ruas. Parte dos comerciantes não tomam os devidos cuidados com seus lixos, que em dias de chuvas podemos avistar sacos de lixos dos comércios que boiam pela via.

As enchentes foram destaques na Rede Globo e também no portal do Foco do Jardim Miriam que divulgou várias imagens das enchentes na região. Em nota enviada à Rede Globo, a subprefeitura da Cidade Ademar informou iria fazer uma limpeza das bocas de lobos na região hoje, dia 20 de janeiro.

Pisicnão da Feira Livre da Cidade Ademar, atual Praça Comunitária Ligia Maria Salgado Nóbrega – (foto de Sérgio Pires)
Enchente na Casa Palma – Foto do Portal O Foco do Jardim Miriam

Próximo à Avenida Santo Afonso, o local ficou intransitável. Acompanhe o vídeo no portal do Foco do Jardim Miriam.

Este post foi publicado em: Cidade Ademar

por

Formado em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo, Letras, pela Faculdade Diadema. Pós-Graduado em Estudos Linguísticos e Literários pela Fundação Santo André. Andante das ruas da Cidade Ademar e de toda São Paulo e apaixonado pelas comidas de boteco e futebol, principalmente futebol de várzea.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s