Cidade Ademar, Notícias
Deixe um comentário

Roubos aumentam 29% na região

Foram registrados 28 estupros este ano na região. Destes, 27 eram de pessoas vulneráveis (menores de idade ou suscetíveis à violação de seus direitos).

Levantamento do jornal O Bairro Cidade Ademar junto aos dados da Secretaria de Segurança Pública, apontam um aumento na taxa de roubos na região de 29,80% durante a pandemia. Os dados se referem à comparação do primeiro semestre de 2019 em relação ao mesmo período de 2020. Os demais índices analisados pela reportagem tiveram queda, como roubo de carros, que caiu 83% na região. A pesquisa foi realizada com base nos dados dos quatro distritos polícias que abrangem a região, 98º DP do Jardim Miriam, 43º da Cidade Ademar, 97º DP de Americanópolis e o 37º DP de Jabaquara.

A taxa de roubos no primeiro semestre de 2019 foi de 3084 casos contra 4003 casos neste mesmo período em 2020, o que dá o aumento de quase 30%. Os demais itens analisados pela reportagem houve diminuição de casos, como o roubo de veículo, que registrou 827 casos em 2019, para 450 em 2020, uma redução de 83,78%; o furto de veículos também teve queda, foram registrados 331 casos em 2019, contra 261 em 220, uma queda de 26,82%. O número de homicídios na região também diminuiu no primeiro semestre. Foram registrados 12 casos no ano passado, contra 10, neste primeiro semestre, uma redução de 20%.

Estupro – Um número alarmante é quanto aos casos de estupros na região. Em 2019, foram contabilizados 40 casos, contra 28 este ano, uma redução de 42,86%. Destes números, 28 casos de 2019, eram de pessoas vulneráveis (pessoas que se tornam mais suscetíveis à violação de seus direitos, em face de matérias relacionadas a gênero, idade, condição social, deficiência e orientação sexual menores de idade). Este ano, o número é assustador, pois destes 28 registrados, 27 foram de pessoas vulneráveis.

Este post foi publicado em: Cidade Ademar, Notícias

por

Formado em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo, Letras, pela Faculdade Diadema. Pós-Graduado em Estudos Linguísticos e Literários pela Fundação Santo André. Professor da Rede Estadual de Ensino... Amante da literatura e simplesmente andante das ruas de São Paulo e apaixonado pelas comidas de boteco.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s